Peeling químico: o segredo para uma pele radiante

Início » Sem categoria » Peeling químico: o segredo para uma pele radiante

Mulher fazendo tratamento de peeling químico

Muitas pessoas, hoje em dia, gostam de cuidar da pele e fazem questão de conhecer os tratamentos disponíveis na área de estética e dermatologia. Hoje, iremos falar sobre o peeling químico, um tratamento estético realizado através da aplicação de substâncias químicas na pele do rosto e/ou do corpo, sendo o objetivo principal, promover a renovação celular e melhorar a aparência da pele, tratando diversos problemas relacionados ao envelhecimento, manchas, cicatrizes de acne, rugas e até mesmo melasma.

O que é e para que serve?

O peeling químico é feito através da aplicação de uma solução química específica na pele, que pode conter ácidos como o salicílico, glicólico, retinoico, entre outros. Essas substâncias atuam no processo de descamação da pele, removendo as células mortas e estimulando a produção de colágeno. Estes agentes destroem as camadas superficiais da pele, seguindo-se, então, da sua regeneração, com uma aparência geral melhorada. É uma forma de esfoliar e acelerar a renovação da pele. São utilizados para atenuação de rugas, manchas e cicatrizes; na diminuição das lesões pré-malignas como as queratoses actínicas e no auxílio do tratamento da acne.

Pode ser de três tipos, superficial, médio e profundo, variando de acordo com a intensidade da descamação que a pele irá sofrer. Os peelings superficiais precisam ser feitos em séries, e sua descamação costuma ser fina, enquanto os médios e profundos são realizados em aplicações únicas, com descamação mais intensa e formação de crostas. Cada paciente deve ser avaliado pela dermatologista, que indicará o melhor tratamento.

O procedimento é realizado em uma clínica dermatológica, sob supervisão de um profissional capacitado. Antes de iniciar o tratamento, é realizada uma avaliação da pele para determinar qual o tipo de peeling mais adequado para cada paciente. 

Benefícios

Os benefícios do peeling químico são diversos. Além de promover a renovação celular, ele estimula a produção de colágeno, deixando a pele mais firme e com menos rugas. Também auxilia na diminuição de manchas, uniformização do tom da pele e redução de cicatrizes de acne. O peeling químico também pode ser utilizado como tratamento complementar para melasma, porém, é necessário cuidado para evitar o surgimento de manchas pós-procedimento.

Uma das vantagens do peeling químico é que ele pode ser realizado em diferentes tipos de pele. Porém, é importante destacar que, dependendo do tipo de peeling e da necessidade de cada paciente, podem ser necessárias sessões adicionais para alcançar resultados satisfatórios.

Quanto à dor, o incômodo durante o procedimento pode variar de acordo com a sensibilidade de cada pessoa e com a intensidade do peeling. Em muitos casos, são utilizados cremes anestésicos antes do procedimento para minimizar qualquer desconforto.

Agentes utilizados no peeling químico

Alguns dos agentes utilizados para a realização dos peelings químicos são:

Fenol – usado para realização de peeling profundo há aproximadamente 100 anos; atinge intensamente a pele; só é indicado para tratar o envelhecimento da face quando existem muitas rugas e a pele é muito clara; o resultado é excelente e duradouro, porém é necessária uma avaliação cardiológica, pelos possíveis efeitos colaterais;

Ácido tricloroacético (ATA) – pode ser combinado com outros agentes para a realização de um peeling médio no tratamento de rugas e cicatrizes;

Ácido salicílico ­– utilizado para a realização de peeling superficial, com melhora do aspecto da pele, redução das rugas finas e manchas, além de auxiliar no controle da acne;

Solução de Jessner e ácido glicólico – também usados para peeling superficial ou médio (neste caso combinados com o ATA), principalmente para o tratamento de rugas finas, manchas e acne;

5-fuoruracil (5-FU) – combinado com a aplicação prévia da solução de Jessner ou do ácido glicólico para o tratamento de queratoses actínicas múltiplas ou campo de cancerização;

Ácido retinoico – mais usado em creme no tratamento domiciliar do envelhecimento da pele; para peeling é usada uma solução de cor amarelada ou cor de base, com resultados satisfatórios no tratamento adjuvante da acne, melasma e envelhecimento cutâneo.

Após um peeling químico superficial a pele se refaz em um a quatro dias, já os peelings médios e profundos constituem uma ferida cuja cicatrização inicia-se em 24 horas e se completa dentro de sete a quinze dias.

Os peelings químicos não devem ser realizados se houver exposição solar, durante a gravidez, se existir alguma “ferida” aberta no local a ser tratado, se estiver sob estresse físico e mental ou apresentar hábito de “cutucar” a pele. As expectativas devem ser condizentes com cada tratamento. Proteção solar adequada é imprescindível.

Cuidados antes e depois do procedimento

Antes do tratamento, é necessário seguir algumas recomendações. É importante evitar exposição solar intensa e utilizar protetor solar diariamente para proteger a pele. Além disso, é necessário suspender o uso de alguns medicamentos e cosméticos que possam sensibilizar a pele.

Após o tratamento, é fundamental manter a pele hidratada e evitar a exposição solar direta. A descamação pode ocorrer nos primeiros dias, e é necessário evitar coçar ou puxar os pedaços de pele soltos. Caso haja alguma complicação, como irritação excessiva ou dor intensa, é importante entrar em contato com o dermatologista responsável pelo procedimento.

O tempo de duração do tratamento pode variar de acordo com o tipo de peeling. Em geral, os peelings superficiais podem ser realizados em sessões mensais, enquanto os médios e profundos exigem intervalos de alguns meses entre cada sessão. Já a duração dos resultados também varia, podendo ser de alguns meses a anos, dependendo do cuidado pós-procedimento e do estilo de vida do paciente.

Em suma, o peeling químico é um tratamento estético que oferece diversos benefícios para a pele, desde a melhora da aparência até o tratamento de problemas específicos. Porém, é importante que seja realizado por um profissional capacitado, levando em consideração as características e necessidades de cada paciente.

Entre em contato conosco e agende a sua consulta.

Fique por dentro dos segredos da pele radiante!

Você merece uma pele saudável e radiante! Junte-se à nossa newsletter para receber dicas exclusivas de skincare, as últimas tendências em tratamentos dermatológicos e ofertas especiais.

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp