Beleza natural: de cara limpa

Dicas para investir na saúde da pele

A quarentena despertou a busca por naturalidade em todos os sentidos, inclusive na pele. As pessoas estão se mostrando de cara limpa e buscando formas de cuidar e mantê-la saudável. Esse novo cenário que a pandemia apresentou trouxe à tona o olhar para si. Ver a beleza genuína no espelho se tornou mais rotineiro e lidar com o reflexo disso também.  “A onda da beleza natural vai se firmar com força, no entanto, isso não é o oposto de vaidade, e não significa deixar de lado o autocuidado,” opina a dermatologista Luciana Garbelini quanto ao futuro da beleza a partir dessa nova realidade. “Ficou evidente que manter a pele, o cabelo, as unhas e o corpo bem cuidados e naturalmente belos – no sentido de não precisar de artifícios para esconder imperfeições – exigem tempo, disciplina, conhecimento e investimento,” completa. E para isso é preciso estabelecer uma rotina mínima de cuidados com a pele. 

Guia rápido

A pele produz queratina e oleosidade naturalmente, por isso é importante começar pela limpeza. “Mesmo sem usar maquiagem e estar em contato direto com a poluição é fundamental conservá-la limpa,” reforça a médica. Que também lembrar que é preciso escolher produtos de acordo com as características predominantes de cada pele, e sempre observar a reação do corpo durante o uso.

Outro passo importante é a renovação celular da epiderme. Esta acontece espontaneamente, mas por meio da esfoliação é possível acelerar esse processo. Doutora Luciana aconselha fazer esse passo de uma a duas vezes por semana após a limpeza, mas isso dependerá da sensibilidade de cada pele. “A indicação é não exagerar na intensidade da pressão aplicada durante a esfoliação, já que isso também pode contribuir para a sensibilização cutânea.”

A próxima etapa é repor a água da pele, ou seja, passar um hidratante. Porém, é importante lembrar que existem produtos próprios para cada parte do corpo. Quando buscar por algum específico para o rosto, a médica aconselha ativos hidratantes como o ácido hialurônico, vitamina B5, vitamina E, assim como probióticos. No geral, esses também são mais neutros, sem ou com fragrâncias mais suaves, para evitar irritação. Vale também algum creme anti-aging e associar esse passo com uma massagem ou drenagem facial, é o que recomenda a dermatologista.

Para finalizar, um dos cuidados mais importantes é o uso do protetor solar. “Uma proteção extra acontece quando se usa o produto com cor de base, por proporcionar também uma barreira física contra os raios ultravioletas.” Além disso, é essencial lembrar de repassar o protetor a cada três ou quatro horas para que esse mantenha o nível de proteção.

Outros cuidados 

Existem algumas reclamações clássicas quando o assunto é pele. Entre elas estão as espinhas, olheiras e manchas. Esses aspectos podem ser escondidos com maquiagem, mas se a intenção é realmente resolver o problema ou minimizá-lo de uma forma eficiente, cuidados mais específicos e profissionais são necessários.

Quando o assunto é espinha, as causas que contribuem para o aparecimento dessas inflamações são diversas. Entre elas está o estresse. “Estimula diversas lesões de pele de natureza inflamatória. Uma delas é a acne,” explica a médica. Ela esclarece que isso acontece porque o estresse aumenta o nível do hormônio cortisol no corpo, desequilibrando o metabolismo. Mudanças na alimentação e restrição à atividade física também podem influenciar no aparecimento da acne. Aspectos que precisam ser também analisados e cuidados.

Com as olheiras e manchas não é diferente. Manter um sono regular é importante, assim como a hidratação oral, ou seja, beber primordialmente água. E novamente o uso de protetor solar é indispensável durante o dia, lembra a médica. Que ainda acrescenta: “Não perder a disciplina da rotina de skincare é importante, principalmente para quem já possui manchas em tratamento como o melasma. E as compressas geladas pela manhã podem ajudar a disfarçar as olheiras.” 

Sobre Dra. Luciana Garbelini

Dermatologista Formada pela Universidade de Santo Amaro. Residência médica em Dermatologia na Universidade de Santo Amaro. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Siga-nos nas Redes Sociais:

Onde Estamos

Rua do Rócio, 423 – Cj 312

Vila Olímpia – São Paulo – SP